quinta-feira, 26 de maio de 2011

Defender a fé é evangelizar ou alimentar odio?



Autor: Rogerio SacroSancttus

Uma dúvida pairou sobre meus pensamentos na questão de debater com protestantes a respeito de nossa fé catolica.

Será que realmente é valido perder este tempo respondendo a ataques que fluem em varios temas desde Igreja, Batismo, Maria, Idolatria, Papado, Purgatorio, Intercessão, etc.?

Sem contar que parece que a cada dia surgem novos questionamentos sobre estes temas.

Analisando o obvio, seria certo pensar que estes são membros do protestantismo, que surgiu em 1517 com Lutero que se opuseram contra a Igreja e portanto protestar contra a Igreja seria basicamente o normal e que não adianta discutir, é perda de tempo, porque vão passar toda a vida so protestando num circulo vicioso de 486 anos.

Bom pelo menos assim também eu pensava.

Até que por inspiração do Espirito Santo vi uma outra realidade por tras destes perseguidores, que atrás de pessoas que aparentemente são duras e frias no julgamento aos católicos se escondem muitas duvidas que assombram suas mentes, e por isso atras de tantas acusações escondem-se questionamentos sobre a propria fé que vivem. São pessoas que buscam saber mais a fé catolica que as vezes nao viveram tão intensamente antes de mudarem de religiao.

E a confirmação para mim se deu enquanto eu me indagava sobre isso tudo e minha mãe veio me falar de uma mensagem que leu ao sair de um acampamento de oração na canção nova na qual dizia:

" Quem ataca a religião dos outros 


é porque não tem certeza da sua própria "

Em meio então a tantas perguntas a serem respondidas dos protestantes paira tambem a duvida de que estes realmente estao seguindo a Jesus verdadeiramente e por isso vêm a nós buscar as respostas que devemos estar preparados para dar .

Realmente como diz Pedro temos de estar sempre preparados a dar as respostas com mansidão a todos por que até mesmo nisso estamos levando a evangelização:

Pedro 3: 15 "Antes, santificai em vossos corações a Cristo como Senhor. E estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós."

Proverbios 15:23 "Saber dar uma resposta é fonte de alegria como é agradavel uma palavra oportuna"

Vemos também Paulo paciente em anunciar a Boa Nova quando passa três dias respondendo a base das Escrituras para os Judeus na Sinagoga, quantas perguntas repetidas não surgiram será nestes três dias ? Muitos depois disto se converteram, e Paulo viu os frutos da paciencia no dialogo que teve.

Atos 17: 1-4 " Passaram por Anfípolis e Apolônia e chegaram a Tessalônica, onde havia uma sinagoga de judeus. Paulo dirigiu-se a eles, segundo o seu costume, e por três sábados disputou com eles. Explicava e demonstrava, à base das Escrituras, que era necessário que Cristo padecesse e ressurgisse dos mortos. E este Cristo é Jesus que eu vos anuncio. Alguns deles creram e associaram-se a Paulo e Silas, como também uma grande multidão de prosélitos gentios, e não poucas mulheres de destaque."

Temos também muitos santos que na época da reforma eram verdadeiros Polemistas no dialogo com pessoas de outras religioes principalmente os protestantes:


Alguns exemplos são:

São Fidelis de Sigmaringa que foi nomeado para levar a fe catolica no seculo XVII aos que moravam nos vales do pais de grises pois haviam de apartado da Igreja para o Calvinismo Na primeira conferência que manteve com os calvinistas, ele reconduziu à verdade dois nobres. Quem não se convenceria ouvindo esse apóstolo desafiar os ministros protestantes, fazendo cair por terra todas suas argumentações? Ele levou a palavra atraves de muitas ameaças , mas nunca deixou de evangelizar.

Sao Francisco de Salles que foi uma das grandes figuras da Contra Reforma. Ele reconduziu ao seio da verdadeira Igreja milhares de almas seduzidas pela heresia de Calvino. Ao mesmo tempo dava assistência religiosa aos soldados do castelo de Allinges, os quais, apesar de católicos de nome, eram ignorantes em religião e dissolutos. Seu renome repercutia como grande confessor e diretor de consciências

Sao Pedro de Carnier que era conhecido como o " Martelo dos Protestantes" por sempre estar a defender a fé catolica.

Será que estes Santos não viveram a Palavra de Jesus no auge para chegar a santidade? Esta mesma Palavra de Jesus que resumia no amor, a Deus e ao proximo e na propria essencia de Deus como diz São João, Deus é amor (cf. I Jo 4:8 ).

E assim conclui minha reflexão , que não é falta de amor estar respondendo as perguntas e nem mesmo falta de respeito a religião alguma , isto tudo na verdade é um Ministerio , é evangelizar aqueles que conhecem a Palavra mais na maioria das vezes não interpretam-na corretamente.

I Corintios 9:16 Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!

E claro, temos de esclarecer a estes não no intuito de uma luta de palavras para apenas ter a satisfação de ver o outro se calar, mas para saber que no fim , como anunciadores e evangelizadores, fique a esperança de que a semente de tudo que foi dito caia sobre estes corações e no momento oportuno escolhido por Deus germine, e assim ter a alegria de um dia voltarem a Igreja de Cristo e viver a Verdade em Plenitude.

Marcos 4: 26-28. O Reino de Deus é como um homem que lança a semente à terra. Dorme, levanta-se, de noite e de dia, e a semente brota e cresce, sem ele o perceber. Pois a terra por si mesma produz, primeiro a planta, depois a espiga e, por último, o grão abundante na espiga.

Porque todos somos a mesma Igreja Catolica Apostolica Romana, aqui na terra Igreja Militante, mas se estes irmãos separados passarem pelo juizo do Pai faremos todo faremos parte da mesma Familia , da Jerusalem Celeste, da Igreja Catolica Apostolica Romana Triunfante do Reino Vindouro.

© Livre para cópia e difusão na íntegra e com menção do autor

Rogério SacroSancttus

Nenhum comentário:

Postar um comentário